Paixão de Cristo 2014: começa venda de ingressos para espetáculo em Nova Jerusalém

Paixão de Cristo 2014: começa venda de ingressos para espetáculo em Nova Jerusalém

17:50 26/03/2014, Fabio Vendrame, tag_editespetáculo, ingressos, nova jerusalém, paixão de cristo, pernambuco, Viagemworld_go

Cena da superprodução ‘A Paixão de Cristo’ no agreste pernambucano – Foto: Divulgação

Fábio Vendrame

A história tem mais de 2 mil anos, todos sabem o enredo de cor e salteado, ninguém esquece o desfecho, mas ainda assim emociona qualquer cristão. E, a cada ano que passa, a encenação realizada no agreste pernambucano continua a arrastar milhares de pessoas. Neste ano, a 47.ª temporada da superprodução Paixão de Cristo será exibida de 12 a 19 de abril na cidade-teatro de Nova Jerusalém, em Brejo da Madre de Deus, a 180 quilômetros do Recife (PE).

Os ingressos já estão à venda pela internet – preços variam de R$ 80 a R$ 120. A Pousada da Paixão, dentro da cidade cenográfica, oferece 42 quartos com infraestrutura completa. A diária custa a partir de R$ 252 em apartamento duplo. CVC e TAM Viagens têm pacotes para o destino – a operadora local Luck Viagens faz bate-volta a partir do Recife e de Porto de Galinhas. Turistas também podem participar do espetáculo como figurantes (informações pelo telefone: 81-3732-1574).

Como já é tradição, atores globais abrilhantam o elenco encabeçado pelo ator pernambucano José Barbosa, há três anos no papel de Jesus. Carol Castro fará Maria, Oscar Magrini assume a pele de Herodes, Carlos Machado vive Pilatos e Fernanda Machado será Madalena. A direção é de Carlos Reis e Lúcio Lombardi.

“Fiquei muito surpresa quando recebi o convite para viver Maria. Estou muito feliz e honrada. Vai ser bem intenso. Como já atuei no ano passado (no papel de Madalena), tenho bem a dimensão do que é o espetáculo e toda a carga de emoção de cada cena”, disse Carol Castro. “O espetáculo conta a história de Jesus de uma forma fantástica, por isso atrai pessoas de todo Brasil e também do exterior. Vai ser um novo desafio”, comentou Oscar Magrini, que fez Pilatos em 2009.

Portadores de necessidades especiais contarão com suportes adequados para acompanhar o espetáculo na segunda-feira (dia 14). Turistas estrangeiros terão à disposição áudio-guias em espanhol, francês e inglês. Os organizadores esperam superar os 75 mil espectadores do ano passado.

Origem. O Drama do Calvário começou a ser encenado no agreste pernambucano em 1950, na vila de Fazenda Nova, por iniciativa de Epaminondas Mendonça. Com o tempo ganhou importância e popularidade. Em 1956, Plínio Pacheco teve a ideia de construir uma réplica de Jerusalém, o que se realizou em 1968. Batizada de Nova Jerusalém, a cidade-teatro tem 100 mil metros quadrados e está cercada por muralha de pedra de 9 metros de altura e 70 torres. A partir de então, o espetáculo já foi assistido por mais de 3,5 milhões de pessoas.

Veja também:
Anúncios

Onde comer em Salvador

Onde comer em Salvador

09:51 14/01/2014, maridonacozinha, tag_editbahia, fizemos e aprovamos, japonês, lagosta, moqueca, peixe, portal do mar, quattro amici pizzeria, restaurantes, salvador, senac, shiro, Marido na Cozinhaworld_go

Em Salvador não faltam opções de alimentação pra todos os gostos e bolsos. Já contamos aqui sobre hospedagem e passeios.

* Se tem um lugar que ganhou meu ❤ na viagem a Salvador foi o Restaurante Portal do Mar. De frente pra praia. Atendimento mediano. Comida DIVINA e quente. Preço justo (moqueca de peixe com camarão pra um casal mais bebida aproximadamente R$ 120,00).

Endereço: Avenida 7 de Setembro, 510, Bairro Barra, Salvador.

Gostamos tanto que fomos duas vezes. Da segunda vez optamos (no almojantar por volta de 16h) pela moqueca de lagosta que tinha sido pescada no dia!!! MARAVILHOSA. Bom tempero, aparece o dendê, o leite de côco e a lagosta.

maridonacozinha_viagem_salvador_portaldomar

* Camarão na praia #QuemNunca nesse dia aí devorei 4 espetinhos e 1/2 porção de acarajé (que eu ADORO!).

* No dia da visita ao Pelourinho optamos por almoçar na Região e escolhemos o Restaurante do SENAC após visita ao Museu. (por conta da tradição dos SENACs de servirem excelente refeição a bons preços).                                                                                                                                         Ótimo atendimento. Ambiente agradável e climatizado. Banheiros limpos.
A comida é boa, mas não é espetacular. Não saímos de lá apaixonados por nenhum dos pratos. Achei tudo com o gosto meio parecido. Neto resumiu: “comida sem identidade.”
O que é bacana é que pra quem não gosta ou não está acostumado com dendê, os pratos são separados em “com dendê” e “sem dendê”.

Eu nunca tinha provado o abará e nesse dia aproveitei pra conhecer. O abará é feito com massa de feijão fradinho, azeite de dendê, camarão seco e pimenta e embalado em folha de bananeira.

maridonacozinha_viagem_salvador_MUSEUDAGASTRONOMIA2

Outros dois lugares que ganharam nosso coração e nosso estômago.

* Shiro Restaurante Japonês

Ambiente agradável. Lugar badalado. Preços comparados ao SoHo (que também tem em Salvador e em Bsb (eu amo!). O cardápio é bacana mas tenho uma ressalva: muitos pratos com cream cheese. Sei que está uma moda de nachos e cream cheese na comida japonesa mas minha preferência é pelo tradicional.

Endereço: Rua da Graça, 181 – Graça, Salvador

maridonacozinha_viagem_salvador_shiro_quattroamici

* E como a gente adora pizza, pedimos a indicação de uma pizza deliciosa (pelo Instagram! já segue o @MaridoNaCozinha?) e lá fomos nós babar nas delícias da Quattro Amici Pizzeria.

Premiadíssima pela Veja e demais publicações do mesmo segmento desde 2005. Quase não vi turistas por lá viu? Preços justos. Atendimento ótimo. A pizza fica pronta em mais ou menos 40min. Lugar bacanérrimo. Recomendamos.

Endereço: Rua Dom Marcos Teixeira, 35

Se você está em dúvida sobre suas próximas férias se liga no Guia completo que fizemos sobre Fernando de Noronha (30 dias por lá) aqui e Lençóis Maranhenses aqui.

Todo mundo merece FÉRIAS Braseeeeeeeeellllllllllll!

Fui!

Zapaturismo’ movimenta Chiapas 20 anos depois

‘Zapaturismo’ movimenta Chiapas 20 anos depois

23:40 13/01/2014, Adriana Moreira, tag_editchiapas, méxico, san cristóbal de las casas, zapatismo, zapaturismo, Viagemworld_go

Fábio Vendrame

“Está usted en territorio zapatista. Aquí manda el pueblo y el gobierno obedece.”

A placa demarca, para quem vai a Chiapas, a entrada em um mundo alternativo. Duas décadas depois de o Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN) colocar San Cristóbal de las Casas e, por extensão, todo o sul do México de volta ao mapa-múndi, milhares de turistas estrangeiros visitam a região a cada ano.

A maioria dos visitantes hoje em dia é de jovens latino-americanos e europeus, embora cresça a cada ano também o número de asiáticos – uma galera que acredita que um outro mundo é possível. Anos atrás a velha guarda também costumava aparecer. Gabriel García Márquez, Eduardo Galeano, Oliver Stone, Noam Chomsky e os saudosos José Saramago e Danielle Mitterrand foram alguns deles.

Não há, contudo, nenhuma campanha de incentivo ao turismo na região. Ao contrário. O site oficial do órgão de promoção turística do México (visitmexico.com) ignora o destino. O que não impede, talvez até estimule, a consolidação do chamado “zapaturismo” (que até verbete na Wikipédia já tem).

Camisetas e suvenirs inspirados no movimento zapatista – Foto: Claudia Daut/Reuters

Prova disso, a cada temporada surgem novos produtos inspirados nas figuras do subcomandante Marcos e da comandante Ramona – esta já falecida –, dois ícones do Zapatismo. Camisetas, bonecos e chaveiros são vendidos em lojas e nos mercados indígenas de rua. Hotéis, restaurantes e bares, como o Revolución, também exploram o tema.

Há controvérsias sobre se os zapatistas de fato exploram o turismo comercialmente. Em recente comunicado, de dezembro, Marcos toca no assunto com a mordacidade que caracteriza sua escrita: “Há agências com pacotes ‘all-included’ que vêm com um kit de cabrestos para que os visitantes não vejam a miséria e o crime que pululam nas principais cidades”.

Arroz com Bardana

Arroz com Bardana

10:20 13/01/2014, maridonacozinha, tag_editbardana, blog, comida, culinária japonesa, fizemos e aprovamos, japoneses, marido na cozinha, raiz, receita, tolentino neto, Marido na Cozinhaworld_go

Hoje é dia de experimentar uma coisa nova. Lembra do #DesafioDos10? Então, chega de provar sempre as mesmas coisas. #PodeParar #AnoNovoVidaNova

Rolou por aqui um prato saudável e nutritivo: arroz com bardana!

Bardana é uma planta de muitas qualidades nutricionais e terapêuticas, usada como alimento e medicamento, principalmente por japoneses. Nós aprendemos a usar com o Chef Leco Mendes, especializado em culinária japonesa e professor da UNIVALI/SC.

Ela tem flor e folha, mas usamos mesmo foi a raiz. Veja aí na foto essas pequenas rodelas, então elas foram extraídas de lá.

maridonacozinha_receita_bardana

No Japão ela é utilizada juntamente com a cenoura ou mesmo em tempurás, sopa, arroz ou carne.

Ela tem proteínas, fibras, fósforo, ferro, vitamina C, A, B1, além de ajudar na eliminação do ácido úrico e estimular os sistemas imunológico e nervoso.

Você encontra em supermercados ou loja que vendem produtos alimentícios japoneses.

Ingredientes:
1. 1 xícara de chá de arroz cateto integral

2. 2 raízes de bardana
3. 1/2 xícara de café de azeite extra-virgem
4. Shoyo
5. Sal a gosto
6. Pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
1. Prepare o arroz conforme descrito na embalagem do fabricante
2. Corte a bardana bem fininha e tempere com shoyo, azeite, sal e pimenta-do-reino
3. Em um bowl coloque o arroz já cozido e misture a bardana

Grau de dificuldade: Fácil
Tempo de preparo: 50 min
Serve: 3 pessoas

Um bom apetite!

Outlet em Santiago, Chile

Outlet em Santiago, Chile

20:07 10/01/2014, maridonacozinha, tag_editahumada, chile, compras, cruz verde, dicas, falabella, fizemos e aprovamos, outlet, preços bons, santiago, viagens, Marido na Cozinhaworld_go

Post mega atrasado. Eu AMO o Chile, particularmente mais do que a Argentina e já fiz 3 visitas. O marido também AMA e quer voltar.

Come-se bem (carnes e frutos do mar), anda-se com segurança, bebe-se bem (tintos ou brancos), compra-se bem, gastando quantias razoáveis, sem contar a arquitetura que é linda, com aquela mistura do contemporâneo com o antigo. #Adoro

Porque agora Larissa? Por 2 motivos.

O primeiro motivo é que ao visitar o Brasil Beach Home Resort aqui em Cuiabá, ficamos batendo papo com um dos executivos do grupo que está fazendo as obras e ele é chileno e eu e Tolentino contamos o quanto a gente amou o país. Boas lembranças que renderam essa dica pra quem está indo viajar.

O segundo motivo é que muita gente ainda está de férias ou vai viajar pra Santiago no carnaval ou semana santa.

maridonacozinha_outlet_santiago_chile
Quando o marido emagreceu mais de 10 quilos, trocamos todo o guarda-roupa dele e as compras foram feitas no Outlet Buenaventura que fica em Quilicura, Santiago.

Quilicura é um bairro/distrito mais afastado e fica há uns 20/30km do centro de Santiago. Lá encontramos Tommy, Lacoste, Diesel, Ellus, Nike, Levi´s, Abercrombie, Puma e outras.

É legal pra homens que querem renovar seu guarda-roupa a bons preços. Não é Miami gente, por favor, mas os preços são bons e dá pra fazer ótimas compras se compararmos aos preços brasileiros.

Para acessar o mapa, clique aqui.

Nós fomos por volta de 10h e ficamos até 17h, ou seja, passamos o dia comprando. Como é bem longe da cidade fomos e voltamos de taxi.

Pelas minhas anotações gastamos algo em torno de R$ 70,00 com taxi nesse dia (mas de lá fomos ao Shopping Arauco, mais especificamente na Nikkon (tem uma loja enorme nesse Shopping) e depois comprar um tablet (preços menores do que em outros países que já visitamos, um pouco maiores do que nos Estados Unidos.)

Eu sou do tipo que listo antes o que eu quero comprar, então como não tinha quase nada do que eu queria no Outlet não fiz muitas compras não. Não vou comprando só porque está barato, mas o Tolentino se esbaldou em camisetas, calças, camisas, meias, cuecas, cintos e tênis.

Fique atento que quase em frente a esse complexo (é um shopping enorme) tem mais 1 outlet, e pro lado direito tem mais um enorme também.

Pra mim fiz boas compras na loja Falabella, onde comprei 2 casacos de lã e 2 vestidos lindos. Os preços são bem razoáveis, o corte das roupas é bom e o tecido também.

Se joga também nas farmácias locais (Ahumada, Cruz Verde) que tem produtos que estamos acostumados a comprar por aqui a preços menores do que os de freeshop, exemplo: La Roche, Revlon, Vichy e outros. DICA: anote os preços do outlet na ida, pra comparar lá.

DICA: Os Shoppings fecham as 21h!

Em tempos de Copa, nossa seleção de livros

 

Em tempos de Copa, nossa seleção de livros

00:10 10/12/2013, Felipe Mortara, tag_edit[4]books, brasil, livros, mundo, pantanal, seleção, viagem, Viagemworld_go[4]

Companheiros de longa data, livros e viagens sempre se completaram. E nunca é cedo para pensar na próxima leitura. Reunimos alguns dos lançamentos recentes e os dividimos em temas para inspirar suas viagens no próximo ano. / FELIPE MORTARA

PERFUMES  http://www.liquidaoferta.com.br

Can Can Feminino  Can Can Feminino 100 ml - Victoria PerfumesCan Can Feminino Can Can Feminino 100 mlR$ 154,90Victoria Perfumes

Dolce & Gabbana Light Blue Masculino Volume 125ml - Paris PerfumesDolce & Gabbana Light Blue Masculino Volume…R$ 222,13Paris Perfumes

Endless Love Body Splash  Endless Love Body Splash  236 ml - Victoria PerfumesEndless Love Body Splash Endless Love Body Spl…R$ 54,90Victoria Perfumes